Bauhaus: Professora Gunta Stölzl

   repo-bauhaus-Stoelzel-DW-Sonstiges-Dessau

 

Stölzl nasceu em Munique , Baviera . Ela frequentou uma escola para as filhas de profissionais, graduando-se em 1913. Iniciou seus estudos na Kunstgewerbeschule (Escola de Artes Aplicadas), em 1914, onde estudava pintura em vidro, artes decorativas e cerâmica sob o conhecido diretor Richard Riemerschmid . Em 1917 seus estudos foram interrompidos pela guerra em curso e ela se ofereceu para trabalhar como enfermeira para a Cruz Vermelha , até 1918. Após o seu regresso para casa, ela novamente mergulhou em seus estudos na Kunstgewerbeschule em Munique, onde participou da reforma curricular da escola. Foi durante esse tempo que Stölzl encontrou o Bauhaus. Tendo decidido a continuar seus estudos na recém-formada Bauhaus, Stölzl passou o verão de 1919 na oficina de vidro e na classe de pintura de mural da Bauhaus eganhou a aceitação de Johannes Itten no curso preliminar. Em 1920, Stölzl não só tinha sido totalmente aceita na escola Bauhaus, mas recebeu uma bolsa para frequentar.

Na Bauhaus

Stölzl era muito ativa dentro dao departamento da tecelagem e foi imediatamente vista como uma líder entre o departamento. Na época, o departamento estava colocando ênfase na expressão artística e trabalhos individuais que refletiam os ensinamentos e filosofias dos pintores que serviram como mestres da Bauhaus. A Bauhaus Weimar teve uma atmosfera descontraída que foi quase totalmente dependente dos estudantes de ensino próprios e uns aos outros. Infelizmente, Georg Muche , que era o chefe da oficina de tecelagem na época, tinha muito pouco interesse na arte em si. Ele viu tecelagem e artes têxteis como “trabalho de mulher ‘e, portanto,ajudou pouco com os processos técnicos envolvidos. Isto significava que os alunos foram deixados à própria sorte para descobrir todos os aspectos técnicos de um ofício a maioria tinha pouca experiência prática de trabalho.

Gunta foi para a Itália com dois amigos para buscar ispirações e fez um curso de tingimento, depois sendo possível reabrir o estúdio de corantes. Na primeira exposição da Bauhaus, me 1923, no edifício Haus am Horn. O próprio edifício, projetado principalmente por Georg Muche, era um simplista, estrutura do cubo altamente moderna feita em grande parte de aço e concreto. A oficina de tecelagem participaram por tapetes, tapeçarias e outros objetos de várias salas de todos que recebeu críticas favoráveis. Apesar das críticas favoráveis ​​de seus trabalhos, as mulheres começaram a se afastar dos métodos pictóricos de imagens e tradicional que tinham vindo a trabalhar com até este ponto e começou a trabalhar abstratamente, na tentativa de tornar os objetos mais em linha com Kandinsky os ensinamentos do ” “eu interior.

Professora

Após esses acontecimentos Gunta se afastou da escola e retornou em 1925, já na sede em Dessau, ficou junto com Gerg Muche responsável pela departamente de tecelagem.Embora ela não foi feita oficialmente uma mestre júnior até 1927, ficou claro que tanto a organização e o conteúdo do seminário estavam sob seu controle. Era óbvio, desde o início, o emparelhamento de Muche e Stölzl não foi apreciado por ambos os lados, e resultou em Stölzl execução da oficina quase uma só tacada a partir de 1926 em diante.

O novo campus Dessau foi equipado com uma variedade maior de teares e melhorou muito as instalações de tingimento, o que permitiu Stölzl criar um ambiente mais estruturado. Georg Muche trouxe jacquard teares para ajudar a intensificar a produção.Ele viu isso como especialmente importante, como as oficinas eram a fonte principal da escola de financiamento para o novo Dessau Bauhaus. Os estudantes rejeitaram esta e não foram felizes com a maneira Muche tinha usado os fundos escolares.Este, entre outros eventos menores, instigou uma revolta estudantil dentro do departamento de tecelagem. Em 31 de março de 1927, apesar de algumas objeções de pessoal, Muche deixou a Bauhaus. Com a sua partida, Stölzl assumiu como mestre do estúdio de artesanato e tecelagem. Ela foi assistida por muitas mulheres importantes, incluindo outras da Bauhaus Anni Albers , Berger Otti eOtte Benita . 

Stölzl começou a tentar mover tecelagem longe de conotações “trabalho de mulher”, aplicando o vocabulário usado na arte moderna, movimentando mais de tecelagem e mais na direção de design industrial. Em 1928, a necessidade de materiais práticos tendo experimentado materiais como papel celofane, que tornou-se mais proeminente. Stölzl rapidamente desenvolveu um currículo que enfatizava o uso de teares manuais, o treinamento em mecânica de tecelagem e tinturaria , e dava aulas de matemática e geometria, bem como temas mais técnicos, tais como técnicas de tecer e oficina de instrução . Os métodos anteriores da Bauhaus de expressão artística foram rapidamente substituídos por uma abordagem de design que enfatiza a simplicidade e funcionalidade. 

Stölzl considerada a oficina de um lugar para experimentação e incentivou improvisação. Ela e seus alunos, especialmente Anni Albers , ficaram muito interessados ​​nas propriedades de um tecido e de fibras sintéticas. Eles testaram materiais para qualidades como a cor, textura, estrutura, resistência ao desgaste, refração flexibilidade, luz e absorção do som. Stölzl acreditava que o desafio de tecelagem era criar uma estética que era apropriado para as propriedades do material. Em 1930, Stölzl emitida a primeira turma de oficina de tecelagem da Bauhaus para formar o primeiro projeto conjunto entre a Bauhaus e a Berlim Polytex empresa têxtil que teceu e vendeu projetos da Bauhaus.

Gunta foi despedida em 1931 pelo então diretor Mies van der Rohe não por incompetência mas pela atmosfera da pressão nazista, alunos fizeram protestos, mas mesmo assim foi inevitável.

Mais algumas fotos:

MAP_58_11s-M

MAP_58_9s-M

MAP_58_3s-M

gs0122-M

gs0121-M

bauhaus_gunta_stolzl_portait

98844199_KpnCm-M

93217540_nm2BM-M

MAP_61_3s-M

74280849_ewpso-m

Anúncios

7 comentários sobre “Bauhaus: Professora Gunta Stölzl

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s